A origem da bebida favorita dos brasileiros, o café preto

A origem da bebida favorita dos brasileiros, o café preto, é cheia de lendas. A mais antiga vem do povo etíope. Um pastor de cabras teria dado para seus animais ramos e frutos de uma planta desconhecida. O pastor notou que os animais ficaram mais ativos. Os monges etíopes, ao serem informados do ocorrido, passaram a fazer infusão dos frutos e folhas para ganhar disposição para as rezas noturnas. Mas, a verdade, é que o povo etíope consumia os frutos do café masserados com banha além de fazer um suco, que fermentava, produzindo uma bebida alcoólica.

Do povo etíope para o povo Árabe, o consumo do café passou por mudanças. os Árabes usavam a infusão de café para fins medicinais e foi na Turquia que nasceu a primeira cafeteria do mundo o Kivan Han em 1475, desta forma, a bebida deixou de ser vista apenas como medicinal ganhando importância social, adquirindo o aroma e sabor muito semelhantes ao que temos hoje.

Mas foi na Itália que Angelo Moriondo criou o primeiro protótipo da máquina de café, aprimorado por outro italiano Luigi Bezzera. A maquina criada por Luigi, fazia uma xícara de café em poucos segundos, encantando os Italianos. Em Veneza, nasceram as Botteghe del Caffè ou lojas de café, que fizeram sucesso.  Johann Sebastian Bach, famoso compositor chegou a criar uma musica alegre exaltando a bebida e a canção era muito tocada nestas lojas.

 

Você também pode gostar:

 

Entretanto foi na França que o café começou a ser adoçado com a açúcar, transformando as lojas de café em cafeterias como as que conhecemos atualmente, sendo o Café Procope, fundado por Procopio dei Coltelli, o mais antigo café em atividade no mundo. No Brasil, o café chegou pelas mãos do militar português Francisco de Melo Palheta em 1727. Ele começou com uma pequena lavoura em Belém do Pará. De lá as plantações se expandiram para as regiões nordeste e sudeste, principalmente com o apoio de João Alberto Castelo Branco.

Com a vinda da família real portuguesa para o Brasil a expansão econômica e cafeeira é favorecida,o regime é de escravidão nos campos até surgir a necessidade de mão de obra especializada no cultivo do café, abrindo espaço para os imigrantes contratados.  Com o fim da monarquia, o país enfrentou a política do Café com Leite, durante a primeira republica, rompida somente em 1930. Mas mesmo com todas as mudanças politicas internas no país, o café nunca deixou de fazer parte do dia a dia do povo.

A origem da bebida favorita dos brasileiros, o café preto, pode ter sido baseada em lendas, pode ter sido politicamente complicada, mas a verdade é que o aroma da bebida nos acolhe e nos remete ao lar. O café preto une os amigos; faz parte da reunião de trabalho; impulsiona os estudos; consola nos momentos difíceis ou, simplesmente, é a melhor forma de começar o dia, não importa a cidade ou país em que esteja.

 

Comentários
Carregando...