Algumas das mais impressionantes auto cirurgias

A auto cirurgia é o ato de executar um procedimento cirúrgico por conta própria. Em condições extremas, algumas pessoas, mesmo sem nenhum conhecimento para isso, encontraram coragem para realizar procedimentos invasivos em seu próprio corpo, para que pudessem salvar suas vidas.

 

Joannes Lethaeus

Fonte: Livro Observationes Medicae – Dr. Tulp mostra a pedra que Lethaeus removeu de seu próprio rim e a faca que ele usou.

Essa auto cirurgia ocorreu mais de 360 ​​anos. Nicolaes Tulp era cirurgião e prefeito da cidade de Amsterdã. Em seu livro escrito no ano de 1641 “Observationes medicae”, ele descreve Joannes Lethaeus, um ferreiro que realizou a cirurgia de litotomia sozinho.

Tendo decidido que ninguém além dele cortaria seu corpo, apenas seu irmão auxiliou na cirurgia. Ele o instruiu a afastar o escroto enquanto agarrava a pedra na mão esquerda e cortava o períneo com uma faca que ele havia preparado. Permanecendo em pé várias vezes para prolongar a ferida, permitindo assim que a pedra passasse.

Tirar a pedra era mais difícil, e ele teve que enfiar dois dedos na ferida de ambos os lados para removê-la.

Ele chamou um curandeiro para costurar os cortes que ele havia feito para alcançar a pedra. Dr Tulp, em seu livro escreve: “…cuja carne cresceu tão feliz que não havia pouca esperança de saúde, mas a ferida era grande demais e a bexiga rasgada demais, para não formar úlceras. Mas essa pedra pesando 4 onças e do tamanho de um ovo de galinha foi uma maravilha, como saiu com a ajuda de uma mão, sem as ferramentas adequadas, e depois do próprio paciente, cuja maior ajuda foi a coragem e a impaciência incorporadas em uma verdadeira fé impenetrável que causou um ato corajoso como nenhum outro.”

Fato interessante: Há uma pintura a óleo no museu Mauritshuis, em Haia na Holanda, do pintor holandês Rembrandt, chamada: A lição de anatomia do Dr. Nicolaes Tulp ” e mostra o Dr. Nicolaes Tulp (autor do livro Observationes Medicae) explicando a musculatura do braço para profissionais médicos .

Você também pode gostar:

 

Dr. Leonid Rogozov

Dr. Rogozov durante sua auto cirurgia de apêndice.

Aos 27 anos, em 1964, o doutor soviético Leonid Rogozovwas estava estacionado na base de Novolazarevskaya, na Antártica. O médico reconheceu sua própria apendicite aguda com a piora da condição.

Por ser o único médico presente e devido à ausência de uma aeronave de apoio, o médico decidiu que ele teria que fazer a cirurgia nele mesmo.

Com o meteorologista da equipe segurando os afastadores, um motorista para segurar o espelho e outros cientistas auxiliando com os instrumentos cirúrgicos, ele se sentou em uma posição reclinada e cortou seu próprio apêndice, sob anestesia local. Durante a operação, ele desmaiou, mas conseguiu continuar e concluir o procedimento em pouco menos de duas horas.

Fato curioso: Um relatório detalhado foi escrito pelo Dr. Rogozov documentando o evento incomum. O médico fez uma recuperação completa e retomou todas as funções em duas semanas.

 

Aron Ralston – Uma auto cirurgia a sangue frio

A experiência de Aron Ralston fez com que o fato repercutisse mundialmente. Ralston é um alpinista americano e engenheiro mecânico. Deixou sua carreira em engenharia para escalar todos os “quatorze” maiores picos do Colorado.

Em 2002, enquanto ele estava em uma viagem de canionismo sozinho, em Blue John Canyon, uma pedra caiu e prendeu seu antebraço direito.

Após cinco dias tentando, sem sucesso, levantar ou quebrar a pedra, Ralston desidratado e já delirante teve que tomar a difícil decisão de amputar seu braço já morto (auto cirurgia). Usando uma lâmina cega, ele cortou o tecido macio ao redor do intervalo e depois utilizou um alicate para rasgar os tendões mais duros.

Finalmente libertado, Ralston ainda estava a 13 quilômetros de seu caminhão. Em seu retorno, se encontrou com algumas pessoas que faziam trilha na região e recebeu comida e água.

Fato curioso: Mais tarde, o braço de Ralston foi retirado pelas autoridades do parque, cremado e entregue a Ralston. Mais tarde, ele voltou para o mesmo local aonde ficou preso e deixou as cinzas lá. Aron Ralston ainda gosta de escalar montanhas com a ajuda de um braço protético.

 

Ines Ramírez – Salvou seu filho com a auto cirurgia

Ines Ramírez vive na zona rural do Rio Talea, no México, em um povoado com aproximadamente 500 pessoas. Em março de 2000, Ines, com 40 anos, estava sozinha em sua casa quando entrou em trabalho de parto. Como não tinha a quem recorrer, ficou na posição de cócoras para que o bebê pudesse nascer.

À meia-noite, depois de 12 horas de dor contínua e pouco avanço no trabalho de parto, Ramírez decidiu operar por conta própria. Ela bebeu alguns copos de licor para diminuir a dor e então pegou uma faca de 15 cm e começou a cortar.

Ramírez cortou a pele, a gordura e os músculos. Depois de operar a si mesma por uma hora, enfiou a mão dentro do útero e puxou o bebê que respirava e começou a chorar imediatamente. Cortou o cordão umbilical com uma tesoura e depois desmaiou.

Quando recuperou a consciência, envolveu as roupas em volta do seu abdômen ensanguentado e pediu ao filho de 6 anos que corresse em busca de ajuda. Várias horas depois, a assistente de saúde da vila encontrou Ramírez deitada ao lado de seu bebê.

Ela foi levada para o hospital mais próximo que ficava a oito horas de carro do vilarejo e foi submetida a cirurgia para reparar o corte feito por Ramirez. Ela foi então liberada do hospital e se recuperou completamente.

 

Curioso por mais matérias como esta? Navegue pelo site do Mundo do Curioso ou acesse nossas redes sociais no Facebook e Twitter.

Comentários
Carregando...