Conheça a origem de 4 conto de fadas

O conto de fadas trazem personagens do folclore como animais falantes, bruxas, doentes. Também, por via de regra, possuem encantamentos e finais felizes.

Mas nem sempre eles foram assim. Em outra época, era normal que o conteúdo dos contos fossem muitas vezes aterrorizantes e com finais macabros.

Com o passar dos anos, eles foram adaptados a um público que prefere lidar com finais menos violentos. Se impressione conhecendo como eram alguns dos contos de fadas antes de serem adaptados aos dias atuais.

 

Cachinhos Dourados

Cachinhos Dourados

Neste lindo conto, a doce menina dom seu cabelo encaracolado e loiro, Cachinhos Dourados, muito cansada e com fome encontra a casa de uma família urso que tinha saído para passear.

Ela entra e come a comida que estava servida na mesa. Senta-se em uma de suas cadeiras e com muito sono, se deita e dorme em uma das camas.

Os ursos retornam para a casa e a encontram adormecida na cama. Ela acorda assustada e foge pela janela correndo pelo bosque.

O conto foi publicado em um volume pela primeira vez no ano de 1837, porém, já se ouvia outras versões de forma narrativa. Além da história que conhecemos hoje, há outras duas variações possíveis.

A primeira, os ursos a encontram e com medo de que a Cachinhos Dourados escape e conte a seus pais, a devoram. Em outra variação, muito envergonhada ao ser encontrada dentro da casa dos ursos, Cachinhos Dourados pede desculpas e simplesmente vai embora.

 

Branca de Neve

Branca de Neve e os Sete Anões

O conto como o conhecemos hoje, que se refere ao filme da Disney lançado no ano de 1937, a rainha envia um caçador para matá-la. Como prova de sua morte, ela manda o caçador trazer seu coração. O caçador não consegue matar a Branca de Neve e leva o coração de um javali como prova.

O conto de fadas da Branca de Neve é relatado na tradição alemã, porém, compilado pelos irmãos Grimm em seu livro, entre os anos de 1817 e 1822. Apesar de as alterações não serem muitas, no conto original, a rainha manda o caçador trazer seu fígado e seus rins para serem servidos no jantar a noite.

Ainda na versão original, a Branca de Neve não acorda com um beijo mágico. Ela acorda quando o cavalo do príncipe a empurra enquanto ele a leva de volta ao castelo da rainha.

Já na versão dos irmãos Grimm, a rainha é forçada a dançar em até a morte em fumegantes sapatos vermelhos.

 

Chapeuzinho Vermelho

Chapeuzinho Vermelho

O conto ao qual conhecemos, de fato, tem o mesmo início do conto original, criado pelo “Pai da Literatura Infantil” em 1697, Charles Perrault.

Ao final, Chapeuzinho Vermelho acaba sendo salva por um lenhador que extermina com o perigo, matando o lobo mau. Mas diferente do conto de fadas que conhecemos, na versão original francesa, Chapeuzinho Vermelho é uma doce e educada menina, que sem saber o caminho para a casa de sua avó, acaba conhecendo o lobo, que de propósito, mostra o caminho errado para Chapeuzinho Vermelho.

Muito ingênua, ela segue pelo caminho errado e cai na armadilha do lobo mau que a come. O conto de fadas original não tem lenhados e muito menos a avó. Apenas um lobo mau gordo e uma Chapeuzinho Vermelho sendo morta. A moral da história? Nunca siga conselhos de pessoas estranhas.

Você pode se interessa:

Bela adormecida

Bela adormecida

O conto de fadas da Bela adormecida é muito conhecido pela bela e romântica história. Ao espetar seu dedo em uma roca de fiar (uma máquina utilizada para fazer fios de algodão) ela adormece por 100 anos, quando um príncipe a encontra, e com seu beijo apaixonado a desperta. Como num conto de fadas, eles se casam e vivem felizes para sempre.

Infelizmente, no conto original, escrito nos Países Baixos em um Perceforest entre os anos de 1330 e 1344, não tem um final tão feliz como na versão que conhecemos. Nela, a bela adormece por causa de uma profecia e não é acordada com o beijo de um príncipe.

O rei, ao ver a bela adormecida, sem controlar seus instintos, se aproveita de seu estado e a estupra. Nove meses após o estupro, ainda dormindo, ela dá a luz a uma criança. O bebê acidentalmente acaba tirando o espeto da roca de fiar amaldiçoada de sua mão e a bela adormecida acorda de seu sono profundo, descobrindo que já é mãe.

 

Então, gostou da matéria?

Que tal nos seguir também no Facebook e no Twitter? Assim poderá acompanhar ainda mais todos os assuntos publicados pela equipe do Mundo do Curioso a respeito de itens como Fatos curiosos, Bem estar, Saúde, Entretenimento, Ciência e Tecnologia entre outros relacionados ao mundo e suas peculiaridades.

Crédito imagem: pixabay

Comentários
Carregando...