Consumir chá aumenta a expectativa de vida

Os cientistas associaram o consumo regular de chá verde (pelo menos três vezes por semana) a uma chance reduzida de doenças cardiovasculares, bem como a mortalidade por todas as causas. Eles publicaram suas descobertas no European Journal of Preventive Cardiology.

A pesquisa foi realizada com a ajuda de mais de 100.000 participantes, sem histórico de doença cardíaca ou câncer. Os participantes foram organizados em dois grupos separados. Um conjunto era composto por consumidores de chá, que bebiam pelo menos três vezes por semana, enquanto o outro conjunto incluía pessoas que nunca tomam chá ou menos de três vezes por semana. Os pesquisadores acompanharam esses grupos por alguns anos.

O grupo de bebedores regulares de chá, em média, viveu vidas mais longas e saudáveis. As análises determinaram que os consumidores regulares de chá, de 50 anos de idade, em média, desenvolveriam doença cardíaca e derrame coronário aproximadamente 1,4 anos depois e viveram cerca de 1,2 anos a mais do que aqueles que nunca ou raramente tomavam chá. Além disso, em comparação com os que nunca tomam chá, ou que não são habituais, os que bebem regularmente têm 22% menos chance de sofrer doenças cardíacas fatais e derrames, além de 15% menos risco de morte por qualquer causa.

Segundo o Dr. Dongfeng Gu, um dos autores do estudo, os efeitos protetores do chá foram mais evidentes entre os frequentes grupos que consumiam a bebida. Estudos de mecanismo sugeriram que os principais compostos bioativos do chá (polifenóis) não são salvos no corpo por um longo tempo, o que significa que beber chá regularmente pode ser essencial para a manutenção do efeito cardio protetor.

Você também pode gostar:

Consumir chá verde ou preto?

Parece que o tipo de chá que você ingere importa: uma outra análise mostrou que o consumo de chá verde estava relacionado a riscos reduzidos em cerca de 25% de doenças cardíacas e derrames incidentes, doenças cardíacas e derrames fatais e morte por todas as causas. No entanto, não foram observadas conexões significativas para o consumo de chá preto. Uma observação importante, no entanto, é que apenas uma pequena porcentagem da população estudada bebeu chá preto. Para fazer uma declaração precisa, sobre os potenciais benefícios para a saúde do chá preto, mais pesquisas devem ser feitas.

Por uma razão, por trás dos aparentes benefícios de consumir chá verde em comparação ao chá preto, dois fatores podem estar em jogo. Primeiro, o chá verde é uma rica fonte de polifenóis que protegem contra fatores de risco, incluindo pressão alta e dislipidemia. Enquanto o chá preto é totalmente fermentado, e durante esse processo, os polifenóis são oxidados em pigmentos e podem perder seus efeitos antioxidantes. O segundo fator que pode estar em jogo é o fato de o chá preto ser frequentemente servido em combinação com o leite. Pesquisas científicas anteriores mostraram que o leite pode neutralizar os efeitos benéficos à saúde do chá sobre as funções vasculares.

Tudo considerado, se confirmado em estudos randomizados, pode ser um ótimo complemento para as diretrizes atuais da entidade. Se você quiser obter mais informações sobre o estudo, verifique o artigo do European Journal of Preventive Cardiology.

 

 

Comentários
Carregando...