Disney e os divertidos segredos de família dos personagens mais queridos das histórias em quadrinhos

Que família é algo maravilhoso todo mundo sabe, mas também não existe uma sem uma história pra contar. Bem os personagens da Disney também têm seus casos de família cheios de segredos, desaparecimentos e aparecimentos com situações engraçadas. Conheça alguns dos divertidos segredos de família dos personagens mais famosos das histórias em quadrinhos da Disney

A Família Pato da Disney

donald e margarida

Sim a Disney não poupou ninguém nem mesmo o ranzinza, mas engraçado engraçado Pato Donald.
Donald tem uma história familiar pouco conhecida e na verdade muito bagunçada. Aliás confusa até para aqueles aficionados por HQ, que não perdem um lançamento das novas revistas.

Então para facilitar vamos tentar simplificar as relações familiares deste personagem tão querido da Disney.
Bem tudo começou quando Carl Barks, que foi ilustrador e roteirista da Disney, criou cenários famosos como a cidade de Patópolis e a maioria dos seus personagens, além de histórias que até hoje fazem sucesso.

Aliás os personagens icônicos como o Tio Patinhas, Peninha e a Maga Patalógika foram algumas de suas criações. Ele chegou a ganhar o apelido de “O homem dos Patos” graças aos seus roteiros vividos na cidade de Patópolis.

Então não é nenhuma surpresa ter sido Carl quem elaborou os grupos familiares e suas histórias divertidas e muitas vezes comfusas deste personagem, entre outros.

A família do Pato Donald começou com a simpática Vovó Donalda e sua bela fazenda no interior de Patópolis. A vovó teria se casado com Tomás Reco e teve três filhos chamados de Patoso, Patolfo e Patrícia.

Assim Patoso de casou com Hortênsia MacPatinhas, a irmã do famoso Tio Patinhas e desta união feliz nasceram o Pato Donald e sua irmã gêmea Dumbela, a mãe dos famosos Huguinho, Zézinho e Luizinho.

Ainda na família do Pato Donald tem o Patolfo que é o pai do Peninha e a Patrícia, mãe do sortudo Gastão e rival do amor da Margarida, a charmosa namorada do Donald.

Aliás uma parte da história das origens da família Pato apareceu na nova versão do desenhos Duck Tales onde também ficou claro que a Dumbela, mãe dos três sobrinhos do Donald teria deixado seus filhos sob os cuidados do irmão antes de desaparecer misteriosamente.

Mas esta não é a única família com uma origem desconhecida pelos fãs e cheia de mistérios, afinal outro personagem da Disney também guarda seus segredos, nada mais nada menos do que Mickey Mouse.

Você também pode se interessar por:

A desaparecida irmã do Mickey Mouse

mamma tip e tap

Embora as origens da família do Donald seja uma bagunça, a árvore genealógica do simpático camundongo mais famoso da história consegue ser ainda pior.

Tanto que a primeira vez que a suposta irmã do Mickey Mouse apareceu foi na revista em quadrinhos de 1932 , com o título de “Mickey’s Nephews”, lançada nos EUA.

Nesta primeira versão aparecem os dois ratinhos chamados Francisquinho e Chiquinho chamando o camundongo de Tio Mickey, juntamente com uma ratinha aparentando ser bem mais velha chamada Sra. Fieldmouse.

Entretanto a revista só chegou no Brasil em 1973 com o título de “Sobrinhos do Barulho“, onde os dois ratinhos são deixados na casa do “tio” por algumas horas, enquanto a Sra. Fieldmouse atende seus compromissos.

Porém a primeira impressão é que a senhora não tem vínculos familiares com o Mickey e as crianças só o chamam de tio como uma forma carinhosa.

Contudo para contradizer esta teoria, Chiquinho e Francisquinho voltam a aparecer em outras histórias, sempre tratando o Mickey Mouse como seu tio, mas a tal misteriosa Sra Fieldmouse nunca mais foi mencionada.

Então, talvez porque uma explicação estivesse fazendo falta ou simplesmente para tornar a vida familiar do Mickey Mouse mais interessante, no ano 2000 é lançada uma revista na Dinamarca da Disney com uma história chamada Riverside Rovers.

Assim inesperadamente aparece a ratinha Amélia Fieldmouse com os ratinhos Chiquinho e Francisquinho que participam de um treino de futebol com o sobrinho do Pateta, Gilberto.

Ainda para surpresa de muitos desavisados, Amélia é definida na história como a irmã mais velha do Mickey Mouse e mãe dos dois ratinhos. Porém ela tem uma aparência mais moderna com novas roupas e cabelos longos.

Além disso Amélia seria uma jornalista, casada com o rato Frank, que não participa diretamente do enredo. Mas isto explicaria o porque do sobrenome de Amélia ser Fieldmouse e não apenas “Amélia Mouse” como o seu suposto e famoso irmão caçula.

Todavia é importante explicar que as histórias da Disney geralmente são produzidas na Europa e de lá são exportadas para serem publicadas nos demais países. Desta forma as pessoas envolvidas nas ilustrações e roteiro das revistas também costumam variar.

Ou seja esta história onde Amélia Fieldmouse ressurge, depois anos sem nenhuma participação, foi criada pelo roteirista Paul Halas e pelo desenhista espanhol Francisco Rodriguez Peinado ou apenas Paco Rodriguez. Ambos trabalharam juntos durante uma semana para criarem a história em quadrinhos Riverside Rovers.

Além disso os nomes dos personagens podem variar de um país para outro, por exemplo os sobrinhos do Mickey nos Estados Unidos são conhecidos como Morty e Ferdie, a Margarida em inglês é a Dayse ,assim como a recente Amélia foi chamada de Felicity na Dinamarca.

Então não se surpreenda caso encontre seus personagens favoritos das histórias em quadrinhos da Disney com nomes diferentes.

E fique tranquilo, se achou os enredos familiares complicados ou cheios de segredos, certamente isto vai resultar em novas publicações explicando algumas coisas e deixando outras ainda mais curiosas! Afinal todo mundo sabe que família é mesmo uma coisa boa mas complicada!!

Créditos de imagem: mamma-tip-e-tap.jpg (620×267) (wp.com); blog-cyncardoso-cultura-pop-disney-pato-donald-e-margarida.jpg (800×829). Capa: 9874_Characters-from-Donald-Duck-family-in-a-car.jpg (1130×847) (superiorwallpapers.com)

Comentários
Carregando...