Esmalte de unhas: o cosmético feito para fazer as mulheres ainda mais bonitas agora vira artigo de joalheria.

O esmalte é quase tão antigo quanto a história humana, mas é claro que passou por muitas mudanças ao longo do tempo. Assim como as pessoas, o esmalte evoluiu de simples cosmético para artigo de joalheria com direito a valor em quilates. E acreditem custa caro!

O esmalte na vida de uma rainha

As mulheres sempre foram vaidosas e a história das civilizações já mostrou de inúmeras formas.

Por exemplo nas estatuas e pinturas dos antigos mestres onde elas aparecem com belas roupas, penteados e acessórios de dar inveja atualmente.

E no antigo Egito, além de tudo isso foi descoberto também o gosto pelos cosméticos. Aliás os famosos olhos com o contorno definido, muito bem pintados, são uma marca registrada da cultura egípcia.

cleopatra

Entretanto foi descoberto que além dos olhos, as unhas possuíam também sua importância no universo feminino.

Tanto que Cleópatra, a mais famosa rainha do Egito, tinha a preferência por um esmalte a base de Henna de cor vermelho escuro.

E sempre o usava para salientar a beleza de suas mãos, principalmente quando recebia reis ou grandes generais da época.

Mas além dela, outra personalidade famosa do Egito também tinha seu esmalte de Henna em evidência.

A rainha Nefertiti, famosa por sua incrível beleza e por ser esposa do Faraó Amenhotep IV, mais conhecido como Aquenáton, nunca dispensava o cuidado com suas unhas sempre tingidas de vermelho rubi.

O esmalte no século XX

4f96f7c1debc4.image

Inegavelmente à medida que a civilização se modernizava o esmalte também passou por este processo, deixando de ser a base de Henna para adquirir o nível cosmético tipo verniz atual.

Mas esta mudança só foi possível na década de 1920 devido a revolução industrial que acelerou a evolução de muitos cosméticos.

Entretanto ao pesquisar sobre quem teria inventado a fórmula moderna do esmalte de unhas apareceu o nome de uma mulher como responsável, chamada Michelle Ménard.

Michelle foi uma maquiadora francesa que nos anos 20 queria replicar a tinta brilhante usada nos carros para ser usada nas unhas das mulheres na França, país berço da profissão de manicure, e após dez anos aperfeiçoou sua fórmula.

 Assim em 1932 apresentou para a Revlon que lançou a nova linha de produtos chamada de Laca de unha brilhante. As diferentes cores dos esmaltes Ménard foram um sucesso tão grande, que ajudaram significativamente a transformar a Revlon em uma das maiores marcas de cosméticos francesas do mundo.

Porém apesar do sucesso a francesa Michelle Ménard não parou de criar e inventou o removedor para o novo esmalte, um produto feito à base de acetona, mas que não danificava tanto as unhas.

Contudo outros dizem que o esmalte na versão moderna a base de nitrocelulose não tem um responsável único. Aparentemente a fórmula foi trazida da Alemanha para os Estados Unidos durante a primeira guerra mundial e se difundiu entre as empresas fabricantes de produtos de beleza até se tornar propriedade de todas, de uma maneira geral.

Por isso o crédito pela invenção original do esmalte vai para os Chineses a mais de 5 mil anos, quando era usado apenas pelas classes dominantes e eram a base de cera de abelhas, gelatina e óleos de lavanda.

Porém é interessante dizer que as primeiras manicures especializadas na era moderna foram as francesas no século XVIII. Elas se especializaram em limpar, lixar e polir as unhas com o intuito de realçar a beleza natural das mãos.

Foi assim que surgiram o modelo de pintura chamado “Francesinha”, um clássico da manicure e um sucesso entre as mulheres que preferem um visual mais discreto.

Você também pode se interessar por:

Azature: o esmalte mais caro do mundo

The Most Expensive Nail Polish Black Diamonds Azature

Inegavelmente em matéria de inovação a marca Azature se superou ao criar este produto que bem poderia estar sendo vendido nas melhores joalherias do mundo.

O esmalte Azature é uma delicadeza desenvolvida com diamantes negros em sua composição no total de 267 quilates de pura joia.

Entretanto este belo e luxuoso esmalte é um mimo caro para a maioria das pessoas pois seu valor fica em torno dos 250 mil dólares o frasco.

De acordo com o designer de joias que idealizou este incrível esmalte, tudo o que ele desejava era mostras a beleza, o mistério e a sofisticação dos diamantes negros nas unhas das mulheres.

Contudo para aquelas que querem muito experimentar o glamoroso esmalte existe a venda uma versão menor do que o frasco original com um valor bem mais em conta, cerca de 30 dólares o vidrinho com 15 ml. Sem dúvidas é ter uma joia em cada dedo.

Créditos de imagem: cleopatra.jpg (800×799) (wp.com); 4f96f7c1debc4.image.jpg (600×600) (townnews.com); The-Most-Expensive-Nail-Polish-Black-Diamonds-Azature.jpg (550×500) (naildesigncode.com) Capa: Black.jpg (1200×1200) (hudsonmod.com)

Comentários
Carregando...