9 ex funcionários da Tesla criticam a forma de trabalho de Elon Musk

Conhecida mundialmente pelos seus inovadores carros elétricos, a Tesla parece não ser um lugar fácil para se trabalhar. Seu CEO, Elon Musk, parece não medir esforços para que seu negócio seja altamente competitivo.

Alguns ex- funcionários da Tesla que trabalharam na empresa entre os anos de 2008 a 2019, relataram algumas particularidades ao site Business Insider, de como é trabalhar em um ambiente liderado por Elon Musk.

Ao todo, nove funcionários expuseram suas experiências na empresa, porém, pediram anonimato.

 

O ambiente “tóxico” que Elon Musk cria

Um dos ex-gerentes que trabalhou diretamente com Elon Musk, relata que a pior parte de se trabalhar na empresa é a toxidade que ele cria. A exigência de objetivos irrealistas, sem o menor planejamento para que possam ser alcançados, criou “uma cultura na qual, se você não tiver solução para um problema” e não solucionar esse problema em prazos extremamente curtos, você é descartado. “Portanto, é melhor ficar de boca fechada”, disse um dos ex funcionários da Tesla.

 

A sensação de que não se importam com os funcionários da Tesla

Um ex funcionário da Tesla (vendedor) que deixou a empresa em 2019, disse que a pior parte de se trabalhar na Tesla, é ter a sensação constante de que a empresa não se importa com você.

Ele relata que sentiu como se a empresa não desse a atenção necessária para a divisão solar, cortando comissões dadas aos vendedores.

 

Os longos turnos de trabalho

9 ex funcionários da Tesla criticam a forma de trabalho de Elon Musk

Um ex-supervisor de produção, disse que quase se divorciou pois passava mais tempo trabalhando do que com sua família. Fazia turnos de até 14 horas por dia, vindo a ser demitido em 2019. “Estou agradecido por ter sido demitido, porque estava trabalhando muito e agora meu casamento é melhor”, disse ele.

Outro dos ex funcionários da Tesla, da área de produção da empresa, também expressou o mesmo sentimento, e após sair da empresa, conseguiu passar mais tempo com seus dois filhos pequenos.

 

O tratamento dado aos clientes

Outro ex-vendedor da Tesla, que deixou a empresa em 2017, relata que não gostava como a empresa tratava seus clientes.

Por diversas vezes, quando alguns clientes tinham problemas com seus carros, o ex-vendedor tentava o possível para que esses clientes fossem prontamente atendidos sem custo algum. Porém, todas as vezes que ele tentava resolver esses problemas, a empresa dificultava ao máximo esses atendimentos.

 

Flutuações no preço das ações

A imagem da empresa Tesla está diretamente ligada ao seu CEO Elon Musk, e o preço de suas ações estão diretamente ligados aos comentários que Musk faz em seu Tweeter. Um ex-funcionários que saiu da empresa em 2019, disse que não gostava de como o preço das ações flutuavam devido aos tweets de Musk ou a atenção que a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos dava para a empresa.

Em 2018, a Comissão de Valores Mobiliários, processou Musk e intimou a Tesla por comentários feitos em 2017 sobre a produção do seu modelo 3 sedã.

 

Incerteza sobre o futuro de Tesla

Um dos ex funcionários da Tesla que trabalhava na entrega que deixou a empresa em 2019, disse que sua parte menos favorita de trabalhar na empresa, era “estar pisando em casca de ovos, sem saber se vamos conseguir ou não. Você meio que precisa trabalhar em um falso senso de esperança”, disse ele.

Apesar de Elon Musk ser referência como CEO da empresa Tesla para o mundo inteiro, nem mesmo ele, foi capaz de manter alguns bons funcionários no seu negócio. Em um artigo publicado por Travis Bradberry no Business Insider, ele diz que as pessoas não deixam seu posto de trabalho, elas deixam seus chefes. Pensando nisso, o Mundo do Curioso foi atrás das atitudes que fazem os bons funcionários pedirem demissão.

Você também pode gostar:

 

Eles sobrecarregam seus funcionários

9 ex funcionários da Tesla criticam a forma de trabalho de Elon Musk

Chefes que aumentam a carga horária de trabalho de seus funcionários, simplesmente por serem talentosos, sem nada a mais para oferecer, vão ter que repensar em suas estratégias. Funcionários que trabalham em excesso tem mais chance de pedir demissão. Seu alto rendimento, atrelado ao excesso de trabalho, faz com que o funcionário se sinta punido, pois quanto melhor o seu rendimento, mais ele pensa que terá que trabalhar, vindo a sobrecarregá-lo.

 

Sem reconhecimento e sem recompensa

Todo funcionário de alta performance é instintivamente motivado. Apesar disso, todos gostam de ser reconhecidos, principalmente aqueles que cumprem com suas tarefas em alto desempenho.

Saber o que faz seu funcionário se sentir bem, é uma parte muito importante para dar continuidade no alto desempenho de seu funcionário. Seja um elogio em público, ou um bônus em seus rendimentos no final do mês; recompensá-lo de alguma forma, mantem a alta performance do funcionário, e consequentemente da empresa.

 

Eles não se importam com seus funcionários

Os chefes que comemoram as conquistas de seus funcionários e mantem empatia por eles, mesmo em épocas difíceis, tendem a ter uma menor rotatividade de colaboradores do que os chefes que estão preocupados somente com seu rendimento e produtividade.

 

Contratar e promover pessoas erradas

Nada mais desagradável do que você dar tudo de si por anos em uma empresa e na hora da promoção, ver alguém despreparado para o cargo ganhar ela. Além disso, contratar pessoas despreparadas tendem a desmotivar equipes inteiras.

Por isso, é preciso conhecer seus funcionários para saber a hora certa de promover alguém da equipe. Já quando há a necessidade de contratar mais alguém, saber contratar a pessoa certa, que se encaixe no perfil de trabalho de toda a equipe, e não venha a atrapalhar o ritmo de trabalho entre eles.

 

Eles não promovem a criatividade

Pessoas talentosas tendem a melhorar tudo aquilo que tocam. Manter uma empresa estagnada, não permitindo que seus colaboradores procurem meios que melhorem produtos ou processos, vai fazer com que eles não gostem de estar neste emprego.

Crédito imagem: pxhere

Curioso por mais matérias como esta? Navegue pelo site do Mundo do Curioso ou acesse nossas redes sociais no Facebook e Twitter.

Comentários
Carregando...