Guarda-chuva e a escova de dente: a origem das coisas usadas no dia a dia

O guarda-chuva, a escova de dentes, entre outros objetos, fazem parte do dia a dia da maioria da população. Afinal ninguém consegue passar o dia sem escovar os dentes, ou ficar perto de quem não escova. Aliás sair na chuva sem levar um guarda-chuva ou sombrinha é impensável.  Mas qual é a origem destas coisas? Separamos assim um pouco da história curiosa destes 2 itens.

O Guarda-chuva

Guarda-chuva moderno

Não existe um registro sobre quem teria sido o inventor deste objeto tão útil nos dias chuvosos, entretanto o guarda-chuva é bastante antigo e existem evidencias que no século XII a.C. ele já era utilizado pelos chineses e , a partir de então alcançado outros povos como os egípcios, Assírios e Romanos.

No começo o guarda-chuva não era considerado um acessório de uso diário pela população, mas algo ligado ao sagrado, tanto que os egípcios o usavam para cobrir as estatuas das divindades, além do próprio faraó, durante as procissões religiosas.

Inclusive no cristianismo o Papa fez uso dos guarda-chuvas, onde eles eram levados a frente do Pontífice, um aberto simbolizando o poder temporal e outro fechado para simbolizar o poder espiritual.

Entretanto foram os chineses e os japoneses que tiraram a imagem divina do acessório e o tornaram item de uso diário. Os Romanos também aderiram a essa moda, principalmente as mulheres nobres que andavam nas ruas com o “ombrellifero”, escravo que carregava o guarda-chuva para resguarda-las do sol. Contudo o material de que era feito, ou seja, couro e madeira o tornava muito pesado e pouco prático.

Chines de guarda-chuva

Surpreendentemente foram os jesuítas quem mudaram o material com que o guarda-chuva era feito, trocando o couro pesado por tecidos de seda e a partir do século XVII, o acessório chega em Paris e lá ganhou novos materiais e novas funções.

Foi a paixão por moda dos franceses que deu ao Guarda-chuva duas versões, uma para os dias chuvosos e outra para os dias de sol, de material mais leve com muita renda, sedas e detalhes delicados chamados de sombrinha.

Porém um comerciante inglês chamado Jonas Hanway resolveu tornar o guarda chuva parte do vestuário masculino também, pois era considerado apenas para uso feminino.

Assim passou a sair com um guarda-chuva nas ruas todos os dias o que foi um escândalo para a época, mas muito útil para ele pois Londres é uma cidade bastante chuvosa.

Contudo depois de sua morte em 1786, aos poucos os homens ingleses começaram a aderir aos guarda-chuva como acessório e logo se tornou símbolo de elegância masculina.

Atualmente o guarda-chuva e a sombrinha são usados de forma totalmente prática e apenas nos dias chuvosos, aliás a muito tempo deixaram de ser artigo de vestuário fashion.

Entretanto a sua versão tamanho grande, o guarda-sol, faz parte das férias de muitas pessoas durante o verão, sendo fundamental junto com o protetor solar, para proteção contra os raios do sol.

Você também pode se interessar por: 

 

A Escova de Dentes

escova de dente chinesa

A primeira escova de dentes foi usada na China em 1498, porém não se tem registros do seu inventor. A escova era feita de bambu e as cerdas eram pelos de porco amarrados em uma das extremidades, mas com o tempo os pelos de porco foram substituídas por pelos de cavalo.

Entretanto no continente europeu, a primeira escova de dentes foi descoberta na Alemanha durante uma escavação arqueológica e possui cerca de 300 anos.

A escova era feita de osso com 19 furos em uma das pontas onde os pelos de porco ficavam inseridos. A descoberta está em exposição em um museu na cidade de Minden na Alemanha.

A escova de dentes parecida com a usada hoje foi inventada por Robert Hutson em 1938, com cerdas de nylon e fabricada pela Dupont, uma empresa química norte americana. O cabo da escova ainda era de madeira sendo somente as cerdas de nylon.

escova de dente ultrassonica

Atualmente existem escovas de dentes dos mais variados tipos, desde as consideradas naturais feitas de madeira e, portanto, menos poluentes até as escovas elétricas com ultrassom que removem muito mais impurezas segundo os especialistas e que são feitas para uso doméstico. Hoje a pessoa só precisa escolher aquela que mais combina com seu estilo de vida e que atende aos objetivos de higiene.

 

Crédito de imagem: Bing images e Pixabay 

 

Então, gostou da matéria?

Que tal nos seguir também no Facebook e no Twitter? Assim poderá acompanhar ainda mais todos os assuntos publicados pela equipe do Mundo do Curioso a respeito de itens como Fatos curiosos, Bem estar, Saúde, Entretenimento, Ciência e Tecnologia entre outros relacionados ao mundo e suas peculiaridades.

 

 

Comentários
Carregando...