Higienização das mãos: Fatos e boatos

O Coronavírus é mais um agente patogênico que chegou para nos lembrar de lições simples que aprendemos na infância como lavar as mãos nos momentos certos. Mas até a higienização das mãos possui fatos e boatos, e por mais básica e antiga que seja esta lição, atualmente, até essa simples atitude está gerando dúvidas.

Será que sabemos higienizar corretamente as mãos? E o que usar? Sabonete, álcool, vinagre ou só água?Será que precisamos esterilizar, desinfetar ? Usar produtos antissépticos?

A maioria das pessoas hoje usa estes termos mas muitos ainda não sabem a diferença ou o seu significado e isto ajuda a gerar mais boatos.
Assim, para tornar as coisas mais simples vamos esclarecer o que é desinfetar, esterilizar e o que significa antisséptico, no intuito de voltar ao básico, a higienização das mãos.

Esterilizantes, Antissépticos e Desinfetantes

Esterilizantes

A esterilização é um processo que pode ser físico ou químico criado para exterminar de um objeto ou ambiente todos os tipos de vida de microorganismos.

Este tipo de procedimento mata 98% a 100% dos microorganismos existentes em objetos, um exemplo é o autoclave usado para esterilizar instrumentos cirúrgicos.

Mas fora do ambiente hospitalar este processo também pode ser visto em salões de beleza onde as manicures usam aparelhos para esterilizar materiais usados nas unhas como alicates de cutícula.

Desinfetantes

São substâncias químicas criadas para serem aplicadas em superfícies materiais como pisos, mesas, vidros entre outros, para destruir os microrganismos nocivos existentes nesses objetos. A desinfecção não mata todos os tipo de agentes patogênicos, principalmente as formas esporuladas de bactérias portanto não é eficaz como a esterilização, que é um processo extremo que mata todos os tipos de vida.

Antissépticos

Estes produtos foram criados para eliminar microorganismos em tecidos vivos sem feri-los. O álcool gel e o álcool 70% a 90% são exemplos destes produtos pois impedem a proliferação de microorganismos em tecidos vivos como a nossa pele das mãos.

Além disso, alguns destes antissépticos também servem para eliminar agentes patogênicos de mucosas como a boca, um exemplo é o enxaguante bocal que usa substâncias químicas bactericidas ou bacteriostáticas com objetivos higiênicos ou terapêuticos.

Desta forma, o antisséptico ideal deve ser capaz de destruir a forma vegetativa de todos os agentes patogênicos presentes no tecido de forma rápida e ser eficaz em temperatura ambiente, não-corrosivo, atóxico para seres humanos e animais e de baixo custo.

Higienização das mãos: Fatos e boatos

Desde crianças uma das primeiras coisas que aprendemos é a lavar as mãos, mas atualmente ameaças como a covid-19 trouxe inúmeros produtos, técnicas e também muitas dúvidas.

Você também pode se interessar por:

Primeiramente, quando se deve lavar as mão?

  • Antes, durante e depois do preparo dos alimentos;
  • Antes de tocar em qualquer coisa do bebê, crianças e idosos;
  • Antes e depois de pegar numa pessoa doente;
  • Antes e após coçar ou assoar o nariz;
  • Antes e depois das refeições;
  • Após ir ao banheiro;
  • Antes e depois de tratar algum machucado ou ferimento;
  • Antes e depois de trocar fraldas ou ajudar uma criança a se limpar;
  • Depois de tocar, alimentar ou limpar um animal e depois de mexer com o alimento e itens de higiene do seu pet;
  • Depois de tirar o lixo

Higienize as mãos com água e sabonete apenas esfregando bem entre os dedos, sob as unhas e esfregar até o punho. Lave com calma entre 40 e 60 segundos. Seque as mãos em uma toalha limpa ou um papel absorvente. No caso da covid-19 não precisa passar álcool após a lavagem das mãos,todavia os produtos antissépticos só devem substituir o lavar das mãos com sabonete se o individuo estiver sem ter como lavá-las na rua.
Além disso outro fato importante é que o detergente de louças também serve para higienizar as mãos, podendo substituir o sabonete comum e nada mais.

Assim sendo vinagre, bebidas alcoólicas ou desinfetantes de superfícies, nada do tipo deve ser usado nas mãos com este intuito porque não eliminam os microorganismos e ainda podem agredir a pele.

E inegavelmente antes de iniciar a limpeza das mãos, retire anéis e pulseiras pois sob esses objetos podem se acumular micro-organismos e lave muito bem as unhas e pontas do dedos, principalmente mulheres com unhas acrílicas.

 

Crédito de imagem: Pxhere

Comentários
Carregando...