Liberado saque complementar do FGTS

A partir da próxima sexta-feira (20), será liberado pela Caixa Econômica Federal, o saque complementar do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Terão direito ao saque quem tiver alguma conta ativa ou inativa do FGTS, com saldo de até R$ 998. Vale lembrar que a regra vale para cada conta do fundo, e não por CPF.
Esta nova modalidade, foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro na última quinta-feira (12) e estará disponível para saque entre o dia 20 de dezembro de 2019 e 30 de março do próximo ano, 2020.

Serão beneficiadas mais de 10 milhões de pessoas e poderá sacar R$998 quem tinha este montante até a data de 24 de julho de 2019. Todos aqueles que já haviam sacado o valor de R$ 500 de alguma de suas contas do FGTS, poderão efetuar o saque do saldo de R$ 498. Contas que tinham R$ 999 até a data em questão, poderão sacar somente R$ 500.

Paulo Ângelo, vice-presidente operados da Caixa Econômica Federal (CEF), falou em transmissão em uma rede social (Facebook), que o intuito do saque complementar, é possibilitar saques antes do Natal para incrementar as festas de final de ano de todos os brasileiros.

Para facilitar os saques, as principais agências da CEF terão funcionamento em horário diferenciado a partir da quarta-feira. Agências que abrem as 8 horas, encerrarão o expediente duas horas mais tarde; as que iniciam as 9 horas, abrem uma hora mais cedo e encerram uma hora mais tarde; e as que abrem as 10 e 11 horas, iniciam o expediente 2 horas mais cedo.

Mais de R$ 2,6 bilhões serão injetados na economia com essa nova leva de saque complementar. Para saber se tem direito ao saque complementar, basta consultar o extrato do FGTS na página da CEF na internet.

Comentários
Carregando...