O estranho Whisky da marca Gilpin Family feito de urina

O Whisky é uma bebida alcoólica muito apreciada em diversos países e tem normas muito rígidas quanto a sua produção para atender as especificações de qualidade exigidos. Entretanto o estranho whisky da marca Gilpin Family é feito de urina de diabéticos idosos.

 

O Estranho Whisky feito de Urina

James Gilpin

O whisky tradicional é produzido a partir da destilação de grãos, malte e envelhecido em barris de madeira, sendo que quanto mais nobre e antiga a madeira do barril, mais apreciado o sabor.

Todavia é possível fabricar um tipo diferente de whisky, com ingredientes inimagináveis como urina. O designer inglês James Gilpin, que a muito trava uma luta diária contra a diabetes, resolveu desenvolver um tipo inédito de whisky, feito a partir da urina de pessoas idosas portadora de diabetes tipo II.

Para produzir a bebida a urina é coletada de pessoas voluntárias e o processo de purificação é similar a ao processo de destilação do álcool ou da purificação da água. Segundo Gilpin até sua avó foi voluntária e doou a própria urina para a produção do estranho whisky. Após a purificação o açúcar é extraído da urina e adicionado ao composto para acelerar a fermentação do whisky artesanal.

De acordo com James Gilpin, a idéia surgiu após ele ficar sabendo de uma lenda do meio farmacêutico, onde uma empresa, fabricante de medicamentos, teria se instalado ao lado de uma casa de repouso e trocado a urina dos idosos por presentes como almofadas, cobertores entre outros. A empresa então purificava a urina e retirava os químicos ativos encontrados na urina e produzia novos compostos a partir destes.

Com base nesta lenda urbana, o designer resolveu criar a bebida, pois o whisky é muito apreciado na Inglaterra, seu país de origem. Após o processo de purificação e de fermentação outros itens são adicionados a mistura para proporcionar cor e sabor a bebida, tornando-a o mais parecida possível com o whisky tradicional.

O produto depois de pronto é engarrafado e no rotulo vai a marca de James Gilpin, além do nome e idade do idoso voluntários que cedeu a urina para a produção daquela garrafa, assim sabe-se a procedência da urina.

Whisky Gilpin Family

Entretanto segundo James, a idéia não é comercializar o seu Whisky de xixi, mas divulgar a bebida como obra de arte. Além disso, para o designer, o mais interessante é o processo de purificação da água, pois isso permite que outros recursos sejam captados e reutilizados e o que resta seria água limpa.

Apesar do projeto ter o intuito de divulgar o processo de reaproveitamento e purificação de dejetos, a verdade é que o Whisky produzido por Gilpin seja mais parecido, em matéria de sabor e qualidade com as bebidas do tipo barato ficando muito longe das marcar renomadas no quesito sabor, cor e até textura.

 

Você também pode se interessar por: 

 

A origem do verdadeiro Whisky é muito dificil de se rastrear mas alguns historiadores acreditam que a bebida tenha nascido na Irlanda e tenha sido criada nos mosteiros. Contudo outras fontes defendem que a bebida teria sido produzida pela primeira vez nas fazendas escocesas localizadas nas highlands.

Mesmo que exista essa divergência quanto a origem da bebida, o importante para os apreciadores de um bom malte é a procedência dos ingredientes e se o processo de produção atende as rígidas regras de criação, obedecidas pelas grandes marcas.

O designer inglês pode não ter produzido um whisky de excelente qualidade, porém o processo criado por ele de purificação e a ideia de reaproveitamento de dejetos pode ser fundamental no futuro, quando a água potável está cada vez mais escassa.

 

Então, gostou da matéria?

Que tal nos seguir também no Facebook e no Twitter? Assim poderá acompanhar ainda mais todos os assuntos publicados pela equipe do Mundo do Curioso a respeito de itens como Fatos curiosos, Bem estar, Saúde, Entretenimento, Ciência e Tecnologia entre outros relacionados ao mundo e suas peculiaridades.

 

Comentários
Carregando...