Ooparts: 3 objetos enigmáticos que guardam os segredos do passado

 

Escavações arqueológicas são feitas no mundo todo em busca de segredos do passado. Ao longo do tempo os historiadores descobriram artefatos incríveis sobre as mais variadas civilizações dos Egípcios aos antigos sumérios, e até o período dos Dinossauros com seus fósseis impressionantes.

Entretanto existem objetos que não se enquadram nas classificações normais e estão rodeados de mistério, são os chamado Ooparts ou “objetos fora de contexto” histórico. Que tal conhecer alguns destes enigmáticos artefatos?

Ooparts

De acordo com a tradução Oopart é uma abreviatura de Out of place Artifact ou artefato fora de lugar. Estes enigmáticos objetos costumam ter características modernas, porém ao serem datados pelos cientistas, possuem milhões de anos e não se encaixam no período histórico em que aparecem.

O Martelo de Kingoodie

Martelo kingoodie

Este artefato é autentico e ainda é um mistério para os cientistas e historiadores. Possui a forma de um martelo e foi encontrado encrustado numa rocha de arenito em 1844 no interior da pedreira de Mylnefield em Kingoodie na Escócia.

Segundo as análises feitas no objeto em forma de martelo, sua cabeça é composta por 97% ferro puro, 1% de enxofre e 2% cloro. Sua forma e metalurgia são iguais as ligas metálicas usadas atualmente, entretanto o objeto ao ser datado pelo Centro Britânico de Pesquisas Geológicas atestou sua idade entre 360 a 410 milhões de anos, o que seria impossível pois os próprios dinossauros só teriam surgido na terra por volta de 250 milhões de anos atrás.

Outro fator polemico é a análise de incrustação da rocha no artefato, o modo como se uniram para ocorrer seria necessário uma condição atmosférica especifica e muito diferente da atual, mas condizentes com um período remoto da história da terra. Se isso se confirmar, acaba com a teoria de que a espécie humana só surgiu aproximadamente 100 mil anos atrás.

Os discos de Baiam-Kara-Ula

Disco de Baiam-Kara-Ula

Baiam-Kara-Ula é uma região montanhosa da China próxima ao Tibete e desde 1950 até hoje já foram encontrados 715 discos de pedra, muito similares aos CDs modernos, com hieróglifos encrustados.

Durante muito tempo esses hieróglifos ficaram sem tradução, até que os pesquisadores conseguiram a ajuda dos povos locais. Segundo as traduções, os discos com cerca de 12 mil anos de idade, contam a história de seres extraterrestres que estariam vagando pelo espaço a procura de um novo planeta para habitar e assim fugir de seu local de origem, assolado por longas e intermináveis guerras.

Não se sabe se essa tradução é parte de alguma lenda um tanto “moderna”, na verdade estes discos estão sob forte suspeita de serem falsos, porém ainda assim estes objetos são intrigantes e ainda estão sendo analisados.

Você também pode se interessar por:

Mecanismo de Anticítera

Mecanismo de Anticítera

Este mecanismo, totalmente autentico, é considerado o primeiro computador, criado no século I a.C. na Grécia antiga. O artefato original está exposto no Museu Arqueológico Nacional de Athenas, porém réplicas foram feitas com tecnologia e materiais modernos para melhor visualizar e compreender a máquina.

Feita de bronze, é a única encontrada no mundo todo e, sua real autoria ainda é um mistério, porém alguns historiadores dão o crédito a Arquimedes.

Segundo os especialistas o objeto é composto por 27 engrenagens de cobre feitas a mão e organizadas de forma a representar a orbita da lua, do sol e dos demais planetas do sistema solar com precisão matemática, inclusive prevendo eclipses por anos a frente.

Funcionava como um computador para os calcular os meses e anos, principalmente para marcar o início dos jogos Olímpicos, de quatro em quatro anos e os calendários agrícolas, fundamentais para terem sucesso nas colheitas e para seus governantes comandarem seus súditos com sucesso, baseado nos eventos.

Em 2010 foi feita uma cópia deste computador antigo por Andrew Carol engenheiro da Apple e confirmou a precisão matemática do mecanismo na hora de calcular a orbita dos astros e aproximação e distanciamento da terra do sol em ciclos de 11 a 19 anos exatos.

De acordo com o físico e professor Derek J. de Solla Price, da Universidade de Yale “Não existe nenhum instrumento como este em lugar nenhum… De tudo que sabemos sobre a ciência e tecnologia na era helenística, deveríamos ter chegado à conclusão de que um instrumento assim não poderia existir.“.

Estes são os Ooparts mais famosos conhecidos, porém existem muitos outros ainda em análise cientifica para descartar fraudes e enganos. Entretanto é surpreendente a genialidade dos povos antigos e os mistérios que o passado guarda.

 

Então, gostou da matéria?

Que tal nos seguir também no Facebook e no Twitter? Assim poderá acompanhar ainda mais todos os assuntos publicados pela equipe do Mundo do Curioso a respeito de itens como Fatos curiosos, Bem estar, Saúde, Entretenimento, Ciência e Tecnologia entre outros relacionados ao mundo e suas peculiaridades.

 

 

Comentários
Carregando...