Quem é o Papai Noel? Saiba um pouco sobre o bom velhinho

Nos clássicos contos de Natal o Papai Noel é um senhor de olhar fraterno e longas barbas brancas, vestindo roupas vermelhas que entrega presentes na noite de Natal com a ajuda de suas Renas voadoras: Rudolph, Raposa, Corredora, Cometa, Cupido, Bernardo, Dançarina, Trovão e Relâmpago.

Além de seus ajudantes: os duendes, seu trenó mágico e claro, uma senhora doce de cabelos brancos, a Mamãe Noel.

Contudo muitos são os personagens que compõe a história da simpática figura do bom velhinho como o Bispo cristão da cidade de Mira chamado Taumaturgo e até Odin, o grande Deus da mitologia nórdica.

O Caridoso Bispo de Mira

bispo de mira

 São Nicolau de Mira ou Nicolau Taumaturgo foi um Bispo cristão que viveu na Turquia na região de Mira.

Aliás ele ficou muito conhecido na época por seu amor pelas crianças e por seus atos de caridade.

A princípio São Nicolau nasceu no século IV d.C. e dizem que em dezembro deixava moedas e alimentos nas portas dos mais pobres.

Nas histórias o Bispo é descrito como um senhor de barba grisalha, olhar serenos e roupas vermelhas, usadas pelos bispos da igreja católica.

Tanto que São Nicolau tornou-se o Santo Padroeiro de dois países a Rússia e Grécia.

Antes de mais nada uma das lendas mais famosas envolvendo São Nicolau menciona uma família muito pobre composta pelos pais e duas filhas em idade de se casar.

Porém na época as moças que não possuíssem um dote para oferecer a família do noivo dificilmente se casavam.

Assim, para sobreviver, as jovem acabavam se tornando prostitutas. São Nicolau ao ficar sabendo do fato e por ser um homem de posses deixou um dote em moedas de ouro para cada uma das filhas do humilde senhor, mudando-lhes o destino com sua caridade.

Dessa maneira, devido aos seus bons atos, os restos mortais do Bispo estariam sepultados na catedral de Bari na Itália.

Nesse ínterim, muitos milagres já foram creditados ao santo Bispo. Um deles diz que durante um inverno muito rigoroso em 1583 na Espanha, atendendo as orações feitas a ele, São Nicolau teria levado pão bento aos pobres que não seriam auxiliados devido ao rigor do frio e da neve.

Surpreendentemente naquela noite, de acordo com os pobres, um homem de feições serenas e mão firmes teria lhes ofertado o alimento necessário para que sobrevivessem ao pesado inverno.  

Contudo a lenda do Papai Noel possui outras características além de caridade com crianças e pobres.

Uma delas são suas renas e o trenó que poderia ser visto no céu na noite de natal. Diz a lenda que são oito ou dez renas. Mas de onde teria surgido essa parte da história?

Alguns pesquisadores acreditam que Odin, o Deus dos povos Nórdicos tenha sua parcela de envolvimento na criação do mito do Papai Noel.

A lenda de Odin e o Natal

Nas lendas dos povos nórdicos o Deus Odin é a entidade máxima de sua mitologia e possui a representação física muito semelhante ao nosso Papai Noel.

Odin tem barba longa e branca, olhar forte com semblante sereno e usa roupas vermelhas.

Além disso, durante a festividade pagã chamada Yule ou Jól que ocorre durante o solstício de inverno, no final de Dezembro, Odin montaria em seu veloz cavalo voador de oito patas chamado Sleipnir e sobrevoaria os povoados levando presentes.

Desta forma alguns acreditam que a lendas das oito renas teria nascido a partir de Sleipnir e suas oito patas. Talvez de alguma tradução errada desta história e que acabou transmitida de geração à geração.

Surpreendentemente as comemorações do Yule são festividades pagãs realizadas desde a época das tribos neolíticas europeias, com início no hemisfério norte em 21 de dezembro.

 Aliás os povos Cristãos teriam adotado esta data para comemorar o nascimento de Cristo quando trouxeram o cristianismo para as culturas pagãs.

Curiosamente a palavra Yule além de ser o nome do solstício de inverno no Hemisfério norte, também significa tronco de árvore.

Assim acredita-se que seja por isso que nesta data exista o costume de enfeitarmos o pinheirinho de natal.

Contudo o termo Yule pode ser traduzido, também, como o menino da profecia, semente de luz ou natalício.  

Você também pode se interessar por:

Mas quem é o Papai Noel?

children 5696850 640

Para muitos o Papai Noel é um personagem criado com o objetivo de alimentar a vontade de consumir em maior quantidade durante o Natal do que em outras datas festivas.

Entretanto para outros o Papai Noel foi criado para tirar a atenção das pessoas do simbolismo religioso da data, diluindo a importância que teria o nascimento de Cristo.

Contudo, se avaliarmos bem os personagens da história que teriam inspirado a criação do Papai Noel como o conhecemos. É possível notar que todos tinham em comum o ato da caridade.

Então ao invés de se preocupar em rotular a lenda do bom velhinho como algo ruim, por que não enxergar o Papai Noel como a personificação de entidades que optaram por amar ao próximo através da prática da doação?

Se o Papai Noel realmente nasceu do bom exemplo de um Bispo ou da mitologia de um povo.

Ou se foi apenas uma jogada de marketing eficaz, o importante é saber: qual deles será o seu Papai Noel?  

 O bom velhinho mitológico que pratica a caridade ou a personagem que inspira o excesso de consumo?

 Lembrando que muitas vezes o melhor presente é a presença de quem amamos ao nosso lado, principalmente neste momento de pandemia.

Comentários
Carregando...