Algumas raças raras e curiosas de cães existentes no mundo

Para aqueles que tem pets o bichinho é parte da família. Aliás para muitos, principalmente neste momento de isolamento social, o pet pode ser a única companhia dentro de casa, no dia a dia.

Com certeza, quem abre sua casa e seu coração para um bichinho de estimação ganha um amor para toda vida, não importa o tipo de pet. Assim resolvemos separar algumas raças curiosas e raras de cães e talvez alguma delas toque o coração de quem estiver procurando um bom amigo.

Saluki

Saluki

Este cão é uma das raças mais antigas que se tem noticia, tendo sua origem no Antigo Egito. Aliás eram considerados o cão dos reis sendo inclusive mumificados junto com os faraós.

Acredita-se que sejam uma mistura curiosa do galgo egípcio e asiático. São animais de porte grande entre 60 e 70 cm de altura, porém são esguios pesando cerca de 20 a 27kg.

Devido a sua agilidade, são excelentes cães caçadores, usados para rastrear os animais e persegui-los. O temperamento desta raça é muito dócil e extremamente afeiçoada aos donos, são animais gentis, mas que adoram ter grandes espaços para correr.

Xoloitzcuintli : o Pelado mexicano

Pelado mexicano

Esta raça é pouco conhecida fora do seu país de origem, o México, porém lá é tido como patrimônio nacional. O animal teria surgido cerca de 5500 anos atrás quando era adorado pelo povo Asteca, sendo a primeira raça canina do continente americano.

O Pelado Mexicano tem vários tamanhos indo do padrão com cerca de 45 a 55cm até o Toy com 25cm. Além disso são dóceis e muito afetuosos, não gostando de ficar muito tempo sozinhos.

Esta raça não possui pelos, portanto precisam de certos cuidados, principalmente no sol forte. Este cão é silencioso e apesar de sua lealdade para todos os membros da família, escolhe obedecer a apenas um dos tutores.

São ativos e podem ser adestrados bem jovens, porque não resistem a perseguir outros animais devido ao seu instinto caçador. Mas no que se refere a crianças eles não são muito pacientes, entretanto se criados juntos a convivência é tranquila.

Uma peculiaridade desta raça é que seu corpo emite muito mais calor do que os animais com pelos de outras raças, uma adaptação natural para se manter aquecido.

O seu nome “impronunciável” Xoloitzcuintli vem do dialeto nahuatl onde Xolotl significa estranho e itzcuintli significando cachorro, ou “Cachorro estranho”. Na mitologia asteca ele era uma divindade, o deus da morte e do submundo, assim para os mexicanos estes animais são os guias protetores das almas até chegarem na “cidade dos mortos”.

Você também pode se interessar por:

Löwchen o Pequeno Leão

Lowchen o pequeno leão

Este “Leãozinho” tem o pelo liso e volumoso, principalmente em torno da cabeça e no peito, parecendo um mini leão. A raça teria surgido na Alemanha no século XVII sendo retratado inclusive em pinturas com a Duquesa de Alba e tapeçarias antigas.

O temperamento deste cãozinho é muito calmo, afetuoso e apegado aos seus tutores, sendo uma ótima companhia para adultos e crianças.

Entretanto esta raça é muito rara e chegou a ser considerada extinta. Atualmente estes cãezinhos ainda são muito difíceis de achar, pois o número de nascimentos continua muito baixo.

Mas quem consegue ter um destes, que custa cerca de 16 mil reais o filhote, se apaixona por seu temperamento e inteligência, além de se dar muito bem em apartamentos e adorar crianças e outros animais, é fácil de ser adestrado.

O Löwchen ou como também é conhecido na Europa o Petit Chien Lion não requer maiores cuidados, apenas o pelo precisa ser escovado duas vezes por semana.

Puli

Puli

Esta raça curiosa é considerada rara devido a redução do número destes cãezinhos durante a segunda guerra mundial, porém os esforços de alguns criadores conseguiram  aumentar o número destes animais.

O Puli é uma raça antiga original da Hungria, trazido pelo povo nômade chamado Magiares e são ótimos para pastoreio de ovelhas devido a sua vitalidade e inteligência. Além disso é muito leal ao dono e fácil de treinar.

O Puli mede 46cm e pesa em torno de 16kg, entretanto este cãozinho tem uma peculiaridade quanto a sua saúde: ele tem tendencia a desenvolver Displasia, ou seja , o cãozinho tem facilidade para adoecer devido a presença de tumores.

Pumi

Pumi

A raça original da Hungria teria aparecido entre os século 17 e 18 descentes da cruza dos Pulis com os cães de raça franco-germana terriers, excelentes pastores de gado.

Desta forma  possui grande habilidade no pastoreio tanto de ovelhas como também do gado sendo muito popular em seu país de origem, porém muito raro em outros lugares, principalmente no Brasil.

Esta raça perde pouco pelo por isso precisa ser escovado com frequência, tosado uma vez ao mês e pesa em torno de 15 kg além de  medir 46cm de altura. Seu temperamento é dócil mas é um cão bastante ativo, assim apesar de ser  muito silencioso não deve ser criado em apartamento.

Komondor

Komondor

Os pesquisadores acreditam que essa raça teria surgido no século IX.  Komondor, traduzindo significa “pertencente aos cumano”, povo antigo que teria levado a raça ao país, a Hungria.

Estes cães Húngaros são muito parecidos com os Pulis, porém maiores, tendo entre 70 e 80 cm e pesando em torno de 50 kg. Possuem a pelagem branca, enrolada e densa e também são  excelentes cães de pastoreio.

Devido a sua pelagem eram confundidos com as ovelhas por animais selvagens como ursos e lobos e eventualmente aconteciam alguns acidentes. Mas isto ajudou a raça a se tornar muito valente, o que os torna excelentes cães de guarda. Além disto são inteligentes, afetuosos e muito leais aos tutores.

Entretanto, vale a pena lembrar que um bichinho de estimação, seja de raça ou um simpático vira-latas, é um ser que merece cuidados e necessita de atenção. Se o que procura for uma ótima companhia e um amigo verdadeiro, a raça e a espécie não vai importar, pois o fundamental na hora de escolher adotar um pet é o sentimento e a conexão com o animalzinho.

Crédito de imagem: Pixabay

Então, gostou da matéria?

Que tal nos seguir também no Facebook e no Twitter? Assim poderá acompanhar ainda mais todos os assuntos publicados pela equipe do Mundo do Curioso a respeito de itens como Fatos curiosos, Bem estar, Saúde, Entretenimento, Ciência e Tecnologia entre outros relacionados ao mundo e suas peculiaridades.

 

 

 

 

 

 

Comentários
Carregando...