Vespa-joia: conheça o inseto assassino de baratas e que serviu de inspiração para o filme Alien, o oitavo passageiro

A Vespa-joia ou vespa esmeralda é um inseto relativamente comum, porém com uma característica que deixa qualquer um que deteste baratas, muito feliz. Esta vespa verde metálica, além de muito bonita, faz um trabalho excelente na erradicação da barata doméstica. Conheça um pouquinho sobre este inseto e saiba como ela transforma baratas em zumbis.

Vespa-joia: o guerreiro dos insetos

vespa e barata

A história deste inseto da espécie Ampulex pertence a uma classificação chamada de “insetos guerreiros”, segundo os especialistas. Isto porque esta vespa quando escolhe um alvo do seu interesse o ataca sem piedade, especialmente se forem as baratas domésticas neste caso.

Mas porque as vespas caçam as baratas? Bom a maioria das vespas comuns caçam outros insetos, geralmente aranhas, para conseguir uma incubadora viva para seus ovos cujas larvas passam a se alimentar do inseto hospedeiro.

Contudo a Vespa-joia se especializou em caçar as baratas domésticas como incubadora viva para seus filhotes. Assim quando a vespa-joia localiza uma barata ela a ataca com uma ferroada certeira próxima ao tórax atingindo o sistema nervoso central do inseto com um veneno paralisante.

Desta forma quando a barata para de se debater ficando à mercê da Vespa, ela lhe dá outra ferroada precisa, porém na cabeça e envenenando seu cérebro.

A toxina injetada no cérebro da barata a transforma e um zumbi deixando- a refém da vespa e com um comportamento submisso. O destino da barata agora está selado enquanto a Vespa a conduz para uma toca sem que ela ofereça resistência.

Então protegida dentro da toca a Vespa-joia deposita seu único ovo na perna da barata próximo ao seu abdômen. Após isso a vespa sai do abrigo bloqueando a entrada da toca com terra e tudo o que encontrar em torno.

Você também pode se interessar por:

O nascimento das larvas

larva vespa

Eventualmente as larvas eclodem dos ovos em algumas horas e assim que nascem começam a se alimentar da barata ainda viva. Submissa a barata não oferece nenhuma resistência ao ataque dos filhotes famintos.

Então uma semana depois a larva penetra no corpo da barata passando a se alimentar dos órgãos vitais do inseto, que inevitavelmente tudo o que irá restar da barata será seu exoesqueleto.

Ou seja, sua casca, enquanto a larva já totalmente desenvolvida em uma Vespa-joia adulta, retira os entulhos abrindo a toca para a liberdade.

Inspiração para o filme Alien, o oitavo passageiro

alien2

A luta pela sobrevivência no mundo destes insetos ainda deixa muitos pesquisadores surpresos com a complexidade dos seus atos instintivos.

Contudo engana-se quem pensa que as baratas são serem incapazes de se defenderem das vespas, suas predadoras naturais.

Pois não é incomum para os entomologistas que passam a vida estudando insetos, presenciar as baratas se defenderem com chutes, focando a cabeça das vespas. Quando isto acontece geralmente a vespa procura uma presa mais acessível de ser subjugada.

Porém a luta entre as vespas predadoras e as baratas, assim como o comportamento submisso do inseto envenenado juntamente com o modo de vida parasita das larvas, inspiraram o cinema.

Surpreendentemente baseada na relação entre a vespa e a barata e na sua luta pela sobrevivência através do parasitismo que o cinema teve mais uma produção de sucesso.

Pois o artista plástico e roteirista Giger criou o famoso ser assustador, além de parasita, do filme de 1979, Alien o oitavo passageiro, onde o alienígena se alimentava das presas ainda vivas.

Entretanto para aqueles que não são fãs do gênero terror com ficção cientifica e portanto nunca assistiram ao filme, mas que certamente odeiam as asquerosas baratas transitando dentro de casa ou dando aqueles temidos vôos rasantes ao entrarem pelas janelas, ao encontrarem uma vespa comemorem. Afinal para as baratas isto significa um final digno do cinema.

Créditos de imagem: 14259509.jpg (1100×733) (sciencesetavenir.fr) ; 12161635347043.jpg (640×385) (wordpress.com)

Comentários
Carregando...