10 doenças mais comuns entre homens que mulheres

Existem muitas diferenças entre na biologia do homem e da mulher e quando falamos em doença, não é exceção. Se pararmos para pensar quem sofre mais com o quê, vamos apresentar 10 doenças mais comuns entre homens que mulheres. Então você homem, cuidado! Cuide bem da sua saúde para não fazer parte destas estatísticas médicas.

 

1) Cirrose

O fígado desempenha muitas funções importantes em nosso organismo. Uma delas é processar e metabolizar grande parte do que ingerimos, transformando naquilo que precisamos para manter nosso bem-estar. Porém, o excesso de medicamento ou bebidas alcoólicas podem prejudicar o bom funcionamento do fígado ocasionando a cirrose. Uma pesquisa feita no Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, relata que no Brasil, 10% da população sofre com alcoolismo, sendo que 70% são do sexo masculino e apenas 30% feminino.

 

2) Câncer de próstata

Muitos não sabem, mas as mulheres também possuem uma próstata, conhecida na anatomia feminina como glândulas de Skene, porém é extremamente raro mulheres desenvolverem algum câncer lá. Alguns estudos sugerem que a próstata feminina pode ser afetada através da reposição hormonal ou com o uso de anabolizantes. O Instituto Nacional de Câncer, estima que entre os anos de 2018 e 2019, ocorrerão mais de 68 mil casos, uma média de 68 casos para cada 100 mil habitantes no Brasil. Por região, o câncer de próstata é o que mais incide em todas as Regiões do Brasil com 96,85 casos para cada 100 mil habitantes na Região Sul, 69,83 casos para cada 100 mil habitantes no Sudeste, 66,75 casos para cada 100 mil habitantes no Centro-Oeste, 56,17 casos para cada 100 mil habitantes no Noroeste e 29,41 casos para cada 100 mil habitantes na Região Norte.

 

3) Mal de Parkinson

A doença de Parkinson afeta o cérebro de forma progressiva, danificando-o ao longo dos anos e fazendo com que seu corpo comece a tremer de forma incontrolável. Estimasse que no Brasil, aproximadamente 200 mil pessoas sofram com a doença e uma análise publicada no ano de 2014, no Journal of Neurology, Neurosurgery & Psychiatry, foi identificado que homens eram 1,5 vezes mais propensos a desenvolver o mal de Parkinson do que as mulheres.

 

Você também pode gostar:

 

4) Hérnia inguinal

Esse tipo de hérnia ocorre quando a alça do intestino passa através um orifício formado em uma região com tecido fraco na parede abdominal, na região da virilha, causando uma protuberância bem dolorida. Esta enfermidade ocorre principalmente em pessoas que fazem muito esforço físico e é 25 vezes mais comum em homens do que em mulheres.

 

5) Pedras na bexiga (Cálculo Vesical)

Cálculos na bexiga são ocasionadas quando há um excesso de minerais cristalizados acumulados na bexiga urinaria com o passar do tempo.  Homens com mais de 50 anos são mais propensos a desenvolver as pedras devido ao aumento da próstata.

 

6) Aneurisma Aórtico Abdominal

Um aneurisma é ocasionado com o aumento ou protuberância de uma parte da aorta, a principal artéria que fornece sangue ao coração, que passa pelo abdômen. Essa protuberância pode ser fatal caso se rompa, ocasionando uma severa hemorragia interna. Segundo o Instituto Nacional do Coração, Pulmão e Sangue, dos Estados Unidos, embora seja mais comum em homens, tabagismo, velhice, pressão alta ou aterosclerose são fatores de risco que contribuem com o desenvolvimento do aneurisma.

 

7) Gota

A gota é um tipo de artrite causada pelo excesso de ácido úrico no corpo e pode fazer com que a pessoa sinta uma dor semelhante à uma agulha nas articulações. Como os homens possuem muito mais ácido úrico que as mulheres, é mais provável que sejam afetados por esta doença. O consumo excessivo de carnes vermelhas, bebidas alcoólicas e açucaradas, podem fazer com que os níveis de ácido úrico do seu corpo sejam multiplicados.

 

8) HIV

O Ministério da Saúde apresentou dados do último boletim epidemiológico de que 73% de novos casos de HIV no ano de 2017, foram do sexo masculino. Além disso, um em cada cinco novos casos, estão entre a faixa etária de 15 a 24 anos de idades, sendo que entre homens de 20 a 24 anos, a taxa de detecção aumentou em 133% entre os anos de 2007 a 2017.

 

9) Melanoma

O melanoma tem origem nas células que produzem melanina e representa apenas 5% dos casos de câncer de pele, porém, com uma grande capacidade de produzir metástases e se espalhar por outros órgãos. Uma pesquisa apresentada na Conferência do Câncer do NCRI de 2018, mostrara que a taxa de mortalidade entre as mulheres estava estagnada ou caindo, enquanto nos homens, aumentando. Tudo indica que homens tem menos propensão em se proteger do sol, porém, mais pesquisas são necessárias para identificar as reais causas do aumento da mortalidade por melanoma entre os homens.

 

10) Autismo

Homens têm muito mais probabilidade de serem diagnosticados com autismo do que mulheres. As estatísticas mostram que o transtorno do espectro do autismo em meninos é de uma proporção de 5 para 1.

 

 

Comentários
Carregando...