Afinal, a barba dos homens serve para que?

Ninguém sabe ao certo, mas há 30 mil anos atrás, no período paleolítico, nossos ancestrais se utilizavam de lascas de pedras para retirar suas barbas. Na história egípcia, no Egito antigo, a barba era cultivada pelos homens da nobreza como um sinal de status.

Já os gregos, tinham volumosas barbas e a prova disso está nas imagens e esculturas feitas de seus filósofos. Em determinado momento da história grega, Alexandre, O Grande, proibiu o seu uso pois pensava que seus soldados teriam desvantagens em batalhas. Para os romanos, a barba fazia parte do ritual de passagem para a puberdade e, até alcançá-la, os rapazes não podiam cortar nenhum fio de cabelo ou barba. Mas afinal, qual a real função da barba?

 

Dimorfismo sexual

Casal abraçados

Para Charles Darwin, (Darwin C. 1871. The Descent of Man) o pai da teoria da evolução e dono de uma enorme barba, ela era usada apenas como um mero “adereço”, com a função de atrair a atenção das mulheres. Como é verdade para os traços esqueléticos masculinos, homens com barbas cheias são percebidos como sendo mais masculinos, socialmente dominantes e agressivos em termos de comportamento em comparação aos homens barbeados.”

Comparativamente, alguns animais possuem pelos, penas, chifres e presas como marcadores de dimorfismo sexual e é muito normal os machos chamarem mais a atenção, enquanto as fêmeas costumam ser mais discretas. Nos humanos, da mesma forma que os animais, essas diferenças são sutis e a barba é uma delas, homens a tem e mulheres não.

 

Sua função fisiológica

É a partir da adolescência, quando os meninos passam a produzir quantidades maiores de testosterona, que se inicia o desenvolvimento da barba. A barba sempre tende a ser grossa e crespa, mesmo em pessoas de cabelos mais finos.

Você também pode gostar:

Fisiologicamente, os pelos na face, tem como função aquecer o rosto das intempéries, filtrar o ar que se respira e impedir que os raios ultra violetas afetem a pele.

Uma equipe de pesquisadores publicou um estudo feito em cima da possibilidade de a barba ter evoluído para proteger o rosto masculino mecanicamente.

 

A barba como proteção facial

É notório que na natureza animais machos tendem a ser mais agressivos e consequentemente acabam tendo maiores enfrentamentos com outros machos para proteger seu território ou até mesmo para acasalar com uma fêmea. Não é de se surpreender que machos humanos sofram muito mais lesões por enfrentamento do que as fêmeas.

Geralmente, quando homens brigam, o rosto acaba sendo o alvo principal e a barba pode servir para proteger a garganta e a mandíbula contra combates. Diante disso, os pesquisadores abordam que alguns outros animais da natureza, como leões machos, linces canadenses, babuínos, bisões e alces, fornecem proteção física em lutas macho a macho e sugerem que os pelos faciais nos humanos, da mesma forma que em animais, também sirvam para fornecer proteção, absorvendo qualquer impacto e protegendo a mandíbula de ser fraturada.

Para comprovar que a barba humana também tem como função reduzir os danos causados pelo impacto de um enfrentamento direto, os pesquisadores construíram uma estrutura que se aproximasse ao osso humano e enrolaram material ósseo com quantidades distintas de pele com lã de ovelha (que era o material mais fácil e parecido com pelos de barba).

Teste de impacto
Fotografia da configuração experimental usando um testador de impacto com peso

Com as três amostras, foram realizados os testes de peso e concluíram que os pacotes mais peludos o impacto foi absorvido foi 30% mais do que as amostras com menor quantidade de pelos, indicando que a barba é realmente capaz de reduzir significativamente a força de um golpe brusco, absorvendo a energia e protegendo regiões vulneráveis do esqueleto da face, como a mandíbula.

Então, gostou da matéria?

Que tal nos seguir também no Facebook e no Twitter? Assim poderá acompanhar ainda mais todos os assuntos publicados pela equipe do Mundo do Curioso a respeito de itens como Fatos curiosos, Bem estar, Saúde, Entretenimento, Ciência e Tecnologia entre outros relacionados ao mundo e suas peculiaridades.

Fonte imagem: pixabay | oxford academic

Comentários
Carregando...