Saúde mental versus quarentena: 5 dicas importantes para não surtar

Os seres humanos são seres sociais por natureza, mas a pandemia obrigou países, estados e cidades inteiras ao isolamento social. Desta forma, como manter a saúde mental diante do afastamento obrigatório de amigos e familiares é uma questão importante. Desta forma a OMS, inclusive, criou um documento onde cita sugestões para manter a saúde neste período. Assim vamos falar sobre Saúde mental versus quarentena: 5 dicas importantes.

Primeiramente, é preciso compreender que saúde mental é a capacidade de um individuo de lidar com as emoções diante das cobranças e vivencias externas, mantendo o equilíbrio. Ou seja, é estar de bem com os outros ao redor e consigo mesmo, principalmente diante de situações que geram conflitos e que obrigam o individuo a sair de sua zona de conforto emocional e, mesmo, física.

Todavia é necessário conhecer seu limites e procurar ajuda quando ocorrem desequilíbrios emocionais intensos que levam ao stress com sintomas físicos como panico, depressão e ansiedade patológicos.

Saúde mental versus quarentena: 5 dicas importantes para não surtar

O medo é o sentimento mais comum e predominante durante a pandemia de coronavírus, fazendo com que o mundo todo vivencie uma quarentena para evitar o aumento no contágio e no número das mortes.

Desta forma a Organização Mundial de Saúde sentiu a necessidade e publicou um documento, com o auxilio de profissionais especializados em Saúde mental, com conselhos de como se manter saudável durante o isolamento.
Inegavelmente, o medo, a ansiedade, a depressão e a solidão podem se tornar uma segunda pandemia se a população não tomar alguns cuidados.

O isolamento pode ser relativamente fácil para alguns mas não para outros e, quando muito prolongado, gera consequências emocionais. Assim segue algumas dicas para auxiliar neste momento.

Converse e oriente as crianças, ensine a lidar com as emoções

Cada um tem seu papel nesta quarentena e os pequenos também precisam ficar cientes do que está acontecendo, principalmente se houver algum familiar ou amigo infectado.

A criança é observadora e sensível por natureza e ao perceber que os pais estão estressados e nervosos ficam assustados e ansiosos também.

Desta forma, converse com os pequenos de forma simples para que entendam a importância dos cuidados e o porque de ficar em isolamento em casa.

Além disso manter uma rotina normal dentro do possível vai ajudar a eles e aos adultos a se calmarem e focarem nas prioridades. Certamente estas medidas vão auxiliar a aliviar a ansiedade.

Paciência com os idosos

Os idosos são o principal grupo de risco nesta pandemia, por isso é fundamental explicar-lhes com calma o que está acontecendo e porque devem ficar em casa.

Todavia eles podem apresentar estabilidade de humor como irritação, ansiedade e nervosismo, principalmente aqueles que já estão no hospital ou os que sofrem de alguma demência. Assim é fundamental a paciência e o apoio emocional da família ou responsáveis.

Evite o excesso de informações

Atualmente existe um bombardeio de informações, tanto na televisão como na internet e, no meio disto, muitas noticias falsas criadas para gerar polemica e medo.

Assim evitar ficar ouvindo e lendo tudo o que aparece não vai deixar ninguém mais informado, mas sobrecarregado de noticias negativas, na maioria, que vão gerar mais insegurança e apreensão.
Desta forma, procure informações apenas nos orgãos oficiais e apenas uma vez ao dia. No resto do tempo procure executar atividades saudáveis como ouvir música ou reler aquele livro favorito.

Você também pode se interessar por:

Praticar atividade física

Não importa se o isolamento está sendo feito num apartamento ou em uma casa com opções de pátio, praticar atividade física pode ser feita em ambos os lugares, basta usar a criatividade.

Por exemplo, coloque aquela música favorita e dance pela sala, quarto ou cozinha; pratique um pouco de meditação ou alongamentos; pule corda ou brinque com o pet e se houver crianças em casa, com certeza elas terão enumeras idéias de atividades físicas divertidas.

Aliás, ao invés de procurar noticias negativas na internet, veja sites com ideias de atividades, valem muito a pena.

Aprenda Algo Novo

Aproveite o tempo disponível e aprenda algo novo durante esta quarentena, tornando-a divertida e mais produtiva, mesmo para aqueles que podem trabalhar “home office”, ainda vai sobrar um tempinho.

Aliás, durante a pandemia, a internet está ainda mais repleta de opções de cursos online de idiomas, pintura, bordado, culinária e até profissionalizantes. Certamente haverá algo disponível e interessante que vai tornar o período de isolamento mais rico e produtivo.

Comentários
Carregando...