A máscara e um homem contra uma epidemia: A história do Dr Wu Lieh-teh

No dia 10 de março a exatos 142 anos nascia o Dr Wu Lieh-teh o médico malaio que criou a primeira versão da máscara N95. Inegavelmente a máscara precursora da N95 salvou muitas vidas em 1910 quando foi criada e ainda salva.

Porém poderia salvar muito mais se não houvesse tanta falta de conscientização e até respeito por parte da população quanto ao seu uso. Em plena pandemia de Sars-CoV-2 as máscaras muitas vezes são a única coisa existente entre as pessoas e a doença. Saiba quem foi o Dr Wu Lieh-teh.

Uma doença desconhecida

bacteria yersinig pestis

Em 1910 uma doença ainda desconhecida pelos médicos matava rapidamente 99,9% das vítimas infectadas.

Então o governo Chinês resolveu enviar um jovem e promissor médico malaio para descobrir a solução e salvar milhões de vidas.

Assim o Dr Wu Lieh-teh viajou até o foco da doença a cidade de Harbin onde recebeu a autorização para realizar a primeira autópsia permitida da China em uma mulher recém morta pela nova praga.

A doença estava ainda do início do que se tornaria uma epidemia que iria assolar toda a região da Manchúria e da Mongólia, causando cerca de 63 mil vítimas.

Entretanto ao fazer a autópsia o Dr Wu Lieh-teh descobriu que a doença era transmitida pelo ar e se tratava da Peste Pneumônica causada pela bactéria Yersinia pestis a mesma causadora da Peste Bubônica.

A máscara e um homem contra uma epidemia: A história do Dr Wu Lieh-teh

Dr Wu Lieh teh

Assim o Dr Wu Lieh-teh precisou agir o quanto antes para salvar tanto os pacientes quanto os médicos, que estavam se arriscando na linha de frente no tratamento aos infectados.

Então o médio malaio se lembrou das máscaras cirúrgicas usadas por seus colegas enquanto esteve estudando medicina na Universidade de Cambrige, na Inglaterra.

E resolveu introduzir o uso delas entre os médicos durante os atendimentos aos doentes, porém com alguns ajustes necessários.

Por exemplo o aumento do número de camadas do tecido com a adição de gaze, algodão e mais tecido para tornar a filtragem contra o agente patogênico mais eficaz.

Desta forma nasceu a primeira versão da máscara N95 no mundo e o Dr Wu passou a supervisionar a confecção das novas máscaras pessoalmente a fim de que saíssem como ele desejava.

Inegavelmente a ideia foi um sucesso tendo mais de 60 mil máscaras produzidas e distribuídas nas zonas de quarentena. Além disso a imprensa da época não parava de falar da fantástica máscara e na sua eficiência contra a peste.

Entretanto ainda haviam alguns descrentes quanto ao uso da máscara, entre eles um importante médico francês o Dr Gérald Mesny.

Infelizmente ao chegar na região afetada para ajudar com os doentes, o Dr Mesny se recusou a usar a nova máscara criada pelo Dr Wu e em poucos dias contraiu a peste morrendo em seguida.

Desta forma a imprensa tinha tudo o que precisava para repercutir o sucesso da máscara e o epidemiologista tomou frente no combate a peste.

Com efeito o Dr Wu além de criar zonas de quarentena também orientou a cremar os corpos infectados.

Além disso estabeleceu medidas de higiene, restrições quanto a viagens e exigiu o uso da máscara criada por ele a todos que estivessem na área de risco.

Então em abril de 1911, após 4 meses de luta e dedicação a peste não só foi controlada, mas erradicada das zonas afetadas na Manchúria e na Mongólia.

Por consequência dos seus inúmeros feitos na área da saúde, atuando na contenção e erradicação de graves doenças, o Dr Wu foi o primeiro médio malaio nomeado para o Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina em 1935.

Além disso o Dr Wu depois de criar a primeira versão da máscara N95, que atualmente está sendo usada na linha de frente contra a Covid-19, atuou como sanitarista combatendo o surto de outras doenças até sua morte aos 80 anos de idade em 1960.

Você também pode se interessar por:

Vale Lembrar: o uso correto da máscara N95 cirúrgica e a PFF2

corona 4970836 640
  • A máscara é individual e não pode ser compartilhada por ninguém.
  • Antes de colocar a máscara, tem que se higienizar as mãos com água e sabão ou álcool gel.
  • A máscara tem que cobrir a boca e o nariz, não pode haver espaços entre o rosto e o equipamento de proteção e,
  • Não pode tocar a máscara enquanto a usa. Se precisa fazer isso, lave as mãos com água e sabão ou utilize álcool em gel antes e depois.
  • Quando a máscara estiver úmida, troque-a.
  • Nunca reutilize a máscara se for o modelo descartável e se for a semi descartável certifique-se que saberá como proceder para reutilizá-la.
  • A máscara tem que ser retirada por trás, segurando nos elásticos, sem tocar na parte da frente contaminada.
  • Descarte a máscara em um recipiente fechado e após a retirada, lavar as mãos com água e sabão ou higienizar com álcool gel.

Créditos de imagem: (penangmonthly.com) e Pixabay

Comentários
Carregando...